RC: 2020 Super Baseball

Eu disse que ia trazer as resenhas depois das férias, mas já vou adiantando logo a primeira resenha completa do site =p:

————————-

2020 Super Baseball

Publicado por: Tradewest Desenvolvedor: Tradewest Gênero: Esporte · Baseball Ano: 1993

Lançado inicialmente para o Neo Geo em 1991. e tendo ports para Mega Drive/Genesis e Super Nintendo em 1993, 2020 Super Baseball é, como o próprio nome sugere, um jogo de baseball, que têm como maior diferencial o ano em que as partidas ocorrem (valendo um biscoito pra quem adivinhar). Como era de se esperar, na década de 90, 2020 era pra ser um ano realmente futurístico, com carros voadores, prédio de 300 andares, e humanos com armaduras equipadas com sensores e jetpacks usados em partidas de baseball. É nessa idéia que 2020SB se desenrola, misturando robôs e humanos nas partidas em torno do estádio Cyber Egg(o único do jogo), projetado com toda a arquitetura futurística pensada na época.

Sinceramente, eu nunca me interessei em entender regras e como funciona o baseball, então o review abaixo é altamente recomendado para outras pessoas como eu, que só querem saber se esse jogo diverte de alguma maneira ou não.

Logo no menu inicial senti falta de alguma opção Options ou Training, mas o jogo é um port da versão Arcade, então a falta de qualquer opção adicional além da Liga e 1P vs 2P no menu não chega a ser um defeito. Como ninguem quer ser cobaia comigo no modo para 2 jogadores, vou na liga mesmo ver como me saio. Aparecem duas opções de ligas, a Exciting e a Fighting. Não faço idéia da real diferença das duas, além dos times diferentes, talvez a dificuldade na Fighting seja maior, porque jogando nela eu perdi feio ainda na primeira partida:/.

Os tipos de jogadores são três: homens e mulheres(humanos) e os robôs. A diferença maior entre eles é a força, e a resistência no jogo. Robôs podem simplesmente pifar no meio da partida, enquanto que humanos podem ficar cansados e terem suas habilidades reduzidas, tendo como opção para contornar essa situação a troca de jogador ou certos upgrades. Aliás, esse é um dos fatores que tornam esse jogo diferente dos demais, pois aqui é possível ganhar dinheiro na partida cumprindo certas ações, e com esse dinheiro dá pra atualizar seus jogadores, tornando-os mais resistentes e fortes.

Como eu realmente não sei NADA de baseball, vou tentar separar o jogo por partes bem resumidas:

Gráficos:
Lindos, bem fiel a versão Arcade do jogo.

Jogabilidade:
Se divide em duas: Quando você é o batedor, na qual você tem que mexer o jogador pros lados para tentar acertar a bola do melhor ângulo, e quando você é o arremessador, que tem a capacidade ninja de controlar a bola na jogada, fazendo efeitos quase que tirados do filme Matrix. Pelo pouco que eu entendi, quando você é o aremessador e o cara do time adversário acerta a bola, você tem que repassá-la rapidamente pra uma das bases antes que o cara que conseguiu rebatê-la chegue nela. Se conseguirem ocupar todas as bases, é ponto pro time adversário. Me corrijam se eu estiver errado.

Replay:
Depende do quanto você conhece sobre baseball, ou se está disposto a aprender. Já me disseram que jogando com um amigo esse jogo pode ser realmente divertido, jogando sozinho nem tanto. Mas baseball ainda é um jogo bastante repetitivo, não consigo ver muita graça.

Resumindo: O jogo não é ruim, pelo contrário, é um dos mais divertidos do gênero, mas é preciso saber o básico do baseball para conseguir alguma diversão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: